Energia no ar

Estadão

19 Novembro 2009 | 15h18

Dentro de menos de um mês, o Chile tem eleições para presidente e para o parlamento. Não vou nem fingir que entendo alguma coisa de política chilena, que para nós estrangeiros certamente ficou muito menos interessante (e, para os chilenos, provavelmente muito mais saudável) depois da morte do general Augusto Pinochet. Mas como o embarque no navio para a Antártida acontece só no domingo, estou pegando um pedaço da campanha em andamento.

 eleccion

 Mas a tensão da disputa pelo poder não é a única que está no ar: com a conjugação do tempo muito frio e do ar seco produzido pela presença quase inescapável de aquecedores nos ambientes fechados, meu cabelo começou a crepitar quando tento penteá-lo com um pente de plástico. Os flocos brancos nas fotos abaixo não são caspas gigantes, mas pedaços do papel de carta do hotel que piquei para realizar uma experiência de eletricidade estática que você, só para variar, pode tentar em casa.

tensao1


(Afinal, este blog trata de ciência, ora bolas. Para saber mais, busque “série triboelétrica” no Google.)

tensao2