Um novo começo

Estadão

09 Fevereiro 2010 | 16h37

Óquei, o título desta postagem é o mesmo do quinto filme da série Sexta-feira 13, que se seguiu, exatamente, ao chamado O Capítulo Final. Como eu havia declarado o blog encerrado há alguns meses, e estamos numa época de nostalgia dos anos 80, achei que a referência cairia bem.

Para quem se lembra da encarnação anterior do blog: não estou mais na Antártida (repare que o pinguim sumiu aí de cima). Adrenalina e esportes radicais, portanto, aparecerão um pouco menos.

 Para quem está chegando agora: o objetivo por aqui vai ser pôr em evidência o que eu chamo de “ciência invisível” que nos cerca.

O fato de você estar lendo esta postagem numa tela, por exemplo, só é possível por causa de descobertas e estudos realizados, ao longo de séculos, por pessoas com nomes como Bernoulli, Leibniz, Shannon e (para citar um mais conhecido) Einstein. O que pretendo fazer é deixar claras essas conexões e mostrar, por exemplo, como a teoria da relatividade e os buracos negros no centro de galáxias distantes são essenciais para o GPS do seu carro.

Mas isso fica para outra hora. Na postagem seguinte, o assunto será o carnaval…