Associação reitera posição contrária aos testes de farmácia

Médicos e cientistas mostram preocupação mediante anúncio de que farmácias dos EUA irão oferecer testes genéticos pela saliva.

root

14 Maio 2010 | 16h36

Exame utiliza a saliva das pessoas para análise do código genético e eventuais riscos de saúde.

Exame utiliza a saliva das pessoas para análise do código genético e identificação de eventuais riscos de saúde.

Em resposta aos recentes anúncios de que testes genéticos serão disponibilizados em farmácias nos EUA, a Associação for Molecular Pathology (associação de patologia molecular norte-americana) reiterou hoje sua posição de que estes exames devem ser oferecidos ao público apenas através de serviços de profissionais de saúde adequados, que usem laboratórios certificados pela CLIA (Clinical Laboratory Improvement Amendments), padrões regulatórios para a aplicação de todos os testes de laboratório no país – exceto pesquisas básicas e ensaios clínicos.

“Os testes genéticos continuam a ser parte integrante dos cuidados de saúde e há um grande potencial para o futuro desenvolvimento de testes e utilizações, desde que sejam administrados adequadamente e interpretados no contexto global da avaliação médica de cada paciente”, ressalta a presidente da AMP, Karen Mann. “A AMP está preocupada que esses tipos de acesso diretos a testes genéticos enganem os consumidores, fazendo previsões que não são comprovadas ou insignificantes, promovendo a compra de produtos que não provam ser clinicamente úteis”.

Associação for Molecular Pathology

A AMP é uma associação internacional de médicos e profissionais que representa cerca de 1800 médicos e cientistas que realizam testes laboratoriais com base nos conhecimentos derivados da biologia molecular, genética e genômica.

Vai um teste aí?

As farmácias dos EUA adiaram a venda dos testes genéticos, depois que a agência Food and Drug Administration, que regula medicamentos e alimentos, fez um pronunciamento questionando a eficácia dos kits.

Estes kits, que seriam disponibilizados pela Pathway Genomics, estariam nas prateleiras hoje. A promessa é mostrar a um indivíduo riscos para certas doenças, como o Alzheimer ou câncer, a partir da análise do DNA. Embora já ofereça exames pela internet, é a primeira vez que um serviço similar estaria disponível em farmácias.

Veja também:

Sensor detecta diabetes e câncer em segundos pela respiração e saliva
Teste do dedo é aperfeiçoado para indicar doenças cardiovasculares
Técnica permite avaliar eficácia de tratamentos para síndrome do x-frágil
Questionário é incapaz de dizer se níveis de vitamina D são adequados