Bactéria salmonela pode ajudar na luta contra o câncer

Equipe descreve como a salmonela usa a caspase-3, enzima produzida pelas células do hospedeiro, para aumentar a inflamação.

root

25 Outubro 2010 | 12h02

Cientistas das universidades de Glasgow e Massachusetts descobriram um novo mecanismo pelo qual a bactéria Salmonella infecta os homens. De acordo com a equipe, a descoberta pode ser usada para desenvolver um método mais eficiente para matar células do câncer.

Os pesquisadores descreveram como a salmonela usa a caspase-3, uma enzima produzida pelas células do hospedeiro, para aumentar a inflamação no local da infecção. Normalmente, a caspase-3 tem um papel muito importante no corpo: remover células danificadas ou com mau funcionamento do sistema através de um sistema conhecido como “morte programada”. Este processo é frequentemente defeituoso em células cancerosas.

A equipe demonstrou que a proteína SIPA da bactéria salmonela é responsável por induzir a ativação da caspase-3 dentro da célula hospedeira. “A novidade desta pesquisa é que nós descobrimos como as bactérias minam a célula hospedeira e a dominam para processar as toxinas bacterianas em pequenas unidades funcionais”, explica Dónal Wall, de Glasgow. “As bactérias entregam grandes toxinas na células e depois usam a enzima de acolhimento, a caspase-3, para dividir estas proteínas Estas toxinas podem ir para diferentes partes da célula para realizar suas funções”.

Para a equipe, o conhecimento de como a salmonela invade as células do hospedeiro induzindo a caspase-3 poderia ser explorado na terapêutica do câncer, já que seria possível ativar a morte programada de células com defeito logo nos estágios iniciais.