Baixo peso ao nascer e diabetes na fase adulta têm ligação genética

Duas regiões no código genético parecem influenciar o peso no nascimento e o risco para o diabetes do tipo 2 durante a maturidade.

root

09 Abril 2010 | 11h03

Variante relacionada ao peso no nascimento também está associada ao risco de diabetes.

Variante relacionada ao peso no nascimento também está associada ao risco de diabetes.

Cientistas do Reino Unido mostram pela primeira vez a ligação genética entre o baixo peso ao nascer e o desenvolvimento do diabetes 2 durante a fase adulta. A equipe, que contou com a participação de pesquisadores da Universidade de Edimburgo, na Escócia, encontrou duas regiões no código genético que influenciam ambos.

Já se sabia que recém-nascidos pequenos tinham mais tendência a desenvolver a doença e que a alimentação da mãe poderia afetar o peso da criança ao nascer, bem como determinar o risco do filho em adquirir o problema ao longo da vida.

Agora, no entanto, a pesquisa demonstra que uma variante no gene ADCY5 é responsável por um aumento de até 25% no risco de diabetes na fase adulta.

O estudo, publicado pela Nature Genetics, foi baseado em 19 trabalhos europeus sobre gravidez e nascimento.

Veja também:

Alteração no cérebro pode levar ao diabetes e problemas de fertilidade
Amamentar reduz risco de diabetes ao mesmo nível de mulheres sem filhos
Alteração na resposta ao cheiro pode ter relação com diabetes 2
Número de gestantes com diabetes pode ser maior do que se supunha
Equipe explora imunomoduladores naturais que atuam no diabetes 1
Parar de fumar aumenta fator de risco para diabetes 2 nos primeiros anos
Sistema de pâncreas artificial pode controlar riscos de hipoglicemia
“Soldado” do sistema imunológico pode desencadear diabetes tipo 2
Sensor detecta diabetes e câncer em segundos pela respiração e saliva
Glicose baixa nem sempre diminui os riscos de ataque cardíaco em diabéticos