Banheiros e cozinhas são os piores lugares para armazenar vitaminas

Substâncias cristalinas tendem a sofrer um processo de degradação em função da umidade alta, perdendo completamente seus nutrientes.

root

02 Março 2010 | 16h52

Lisa Mauer explica que substâncias podem perder todos os nutrientes quando armazenadas em ambientes úmidos. Crédito: Purdue Agricultural Communication photo/Tom Campbell.

Lisa Mauer explica que substâncias podem perder todos os nutrientes quando armazenadas em ambientes úmidos. Crédito: Purdue Agricultural Communication photo/Tom Campbell.

Encontre outro lugar para guardar seus remédios: banheiro e cozinhas são péssimos lugares para o armazenamento de vitaminas e suplementos de saúde. O culpado? A umidade. Pesquisadora da Purdue University, EUA, mostra que substâncias cristalinas – como a vitamina C e algumas formas de vitamina B – tendem a sofrer um processo de degradação.

“Você pode ver como o sal e o açúcar tendem a formar pelotas no verão, isso é um sinal de decadência da substância”, explica Lisa Mauer, autora da pesquisa. “Pode também ocorrer instabilidades químicas, um pouco mais problemáticas se você estiver consumindo um suplemento alimentar para incrementar a absorção de vitamina C”.

A pesquisadora explica que a umidade pode diminuir o fornecimento de nutrientes de um produto dentro de um curto espaço de tempo. Em uma semana, por exemplo, é possível que haja perda total da vitamina C em alguns suplementos submetidos a um ambiente muito úmido. Por mais que a pessoa tampe bem o produto, a umidade penetra na substância na hora em que a pessoa consome.


Para a pesquisa, Mauer usa uma balança de sorção de umidade gravimétrica para determinar o grau de umidade em que as substâncias começam a degradar. Diferentes substâncias começam a perder seus nutrientes em diferentes umidades e temperaturas. Na temperatura ambiente, ascorbato de sódio começa a degradar em 86% de umidade, ácido ascórbico com 98% de umidade e frutose a 62%.

Embora a substância possa voltar a ter uma aparência normal quando a umidade ficar mais baixa, o estrago estará feito em termos químicos.

Veja também: