Cientistas descobrem forma de imitar cores de asas de borboletas

Técnica pode ter importantes aplicações na indústria de impressão, fazendo com que notas e cartões de crédito sejam ainda mais seguros.

root

31 Maio 2010 | 11h56

Estudo com borboletas Papilio blumei permitiu criação de sistemas microscópicos artificiais similares aos encontrados na natureza. Crédito: Wikipedia.

Estudo com borboletas Papilio blumei permitiu criação de sistemas microscópicos artificiais similares aos encontrados na natureza. Crédito: Wikipedia.

Bonitinhas, mas não ordinárias: as asas de borboleta podem ser mais do que um colírio para os olhos, agora que cientistas descobriram uma maneira de imitar suas cores vibrantes. A técnica poderá ter importantes aplicações na indústria de impressão, fazendo com que notas de dinheiro e cartões de crédito sejam ainda mais seguros.

E por que não tinham pensando nisso antes? As cores das asas de borboletas, besouros e outros insetos não dependem apenas de pigmentos. As cores vibrantes são resultados de como a luz é refletida e sai de suas microscópicas estruturas, tornando a imitação difícil. Pensando nisso,  uma equipe da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, resolveu estudar a fundo as asas de um pavão da Indonésia e de uma borboleta (Papilio blumei), cuja estrutura microscópica lembra o interior de uma caixa de ovos – resultando em cores intensas.

Depois, os pesquisadores conseguiram fazer uma réplica do sistema pela combinação de nanotecnologia. “Decodificamos um dos segredos da natureza e combinamos este conhecimento com o estágio “artístico” de nanofabricação, imitando o intrincado desenho ótico encontrado na natureza”, diz Mathias Kolle, um dos responsáveis pelo trabalho.

De acordo com os pesquisadores, estruturas artificiais que imitam as cores encontradas na natureza poderão ser usadas para criptografar informações em notas ou outros itens valiosos, protegendo da falsificação.

Veja também:

Borboletas com gene duplicado enxergam e possuem pigmentos UV
Pesquisadores conseguem descobrir cor de penas dos dinossauros