Pesquisador cria nanoveículo que injeta quimio em células do câncer

Como uma bomba de fragmentação, nanoveículo orgânico libera a droga na célula cancerosa e depois é decomposto.

root

23 Agosto 2010 | 18h51

Nanorobôs podem ser futuro promissor no tratamento de diversas doenças. A grande vantagem do estudo em questão foi a utilização de um

Nanorobôs podem ser futuro promissor no tratamento de diversas doenças. A grande vantagem do estudo em questão foi a utilização de um "nanoveículo orgânico", que não agride o organismo.

Pesquisadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, bolaram um novo método para entregar o medicamento ao local certo: um veículo em nanoescala com a capacidade de enviar drogas da quimioterapia diretamente às células cancerosas – evitando a interação com células saudáveis do organismo. A estratégia, além de reduzir os efeitos colaterais do tratamento, se torna ainda mais eficiente.

“O veículo é muito similar a uma bomba de fragmentação”, explica Dan Peer, responsável pelo trabalho. Dentro dele são inseridas minúsculas partículas de drogas de quimioterapia. Quando ele entra em contato com células de câncer, libera a carga diretamente. Segundo o pesquisador, o dispositivo poderia ser usado para tratar diversos tipos de câncer, incluindo o de pulmão, sangue, cólon, mama, ovário, pâncreas e até mesmo cérebro.

Beijo doce da morte

A chave para a entrega é uma molécula usada para criar o revestimento externo do veículo: um açúcar reconhecido pelos receptores de vários tipos de células do câncer. Ao interagir com o receptor da célula cancerosa, desencadeia uma mudança estrutural, e a quimio é liberada dentro da célula inimiga. Por ser feito de materiais orgânicos que se decompõem totalmente no corpo depois que fez o seu trabalho, o “nanoveíulos” é mais seguro do que as terapias atuais.

Veja também:

Nova tecnologia permite transferência muito mais rápida de calor
Nanoesponjas podem triplicar atuação da quimio contra o câncer
Vírus reprogramado pode encontrar, modificar ou destruir células do câncer
Nanotubos de carbono podem ajudar luta do corpo contra o câncer
Partículas vazias derivadas de vírus podem exterminar células doentes

Leia mais sobre: câncer.