Competição no Reino Unido elege melhores representações do coração

Imagem de pesquisadores do Centro de Pesquisa Microvascular do Instituto William Harvey ganha o prêmio da Reflections of Research.

root

11 Fevereiro 2010 | 02h26

Imagem que mostra como a inflamação pode ser bloqueada no músculo do coração ganha competição no Reino Unido. Crédito: Queen Mary University of London.

Imagem que mostra como a inflamação pode ser bloqueada no músculo do coração ganha competição no Reino Unido. Crédito: Queen Mary University of London.

Uma imagem experimental de dois pesquisadores do Centro de Pesquisa Microvascular do Instituto William Harvey ganha o prêmio da competição Reflections of Research (“Reflexos da Pesquisa”), da British Heart Foundation. Mathieu-Benoit Voisin e Doris Proebstl ficaram em primeiro lugar com a ilustração “Looking through the heart” (Olhando através do coração). As células representadas estão sendo estudadas com o objetivo de descobrir a forma como a inflamação no músculo do coração pode ser bloqueada, evitando maiores danos – como o ataque cardíaco, por exemplo.

O vencedor na categoria de vídeos foi “Blood Streams of the heart”, produzido por Michael Markl, da Universidade de Friburgo, Alemanha, e Philip Kilner, do Imperial College London, Inglaterra, que mostra como o sangue flui dos dois lados do coração de uma pessoa saudável.

A competição anual de ilustrações de ciência, hoje em sua quarta edição, convida cientistas do British Heart Foundation, no Reino Unido, a apresentarem imagens e vídeos que representam sua área de pesquisa cardiovascular. Os resultados ilustram a riqueza dos trabalhos pioneiros em curso para ajudar a descobrir novos tratamentos para doenças cardíacas e circulatórias

A comissão julgadora é composta por Christopher Edwards, presidente do conselho da BHF; Alice Roberts, cientista, radialista e membro do conselho do BHF; Andrew Cohen, editor da BBC Horizon; Eric Hilaire, editor de ciência do The Guardian e outros membros da BHF.