Astrofísicos canadenses são os primeiros a "fotografar" exoplaneta

Novas observações confirmam que objeto registrado em setembro de 2008 é um exoplaneta orbitando sua estrela.

taniager

29 Junho 2010 | 13h01

Primeira imagem registrada em 2008 de um exoplaneta pela óptica adaptativa do telescópio Gemini. Crédito: cortesia do Observatório Gemini.

Primeira imagem registrada em 2008 de um exoplaneta pela óptica adaptativa do telescópio Gemini. Crédito: cortesia do Observatório Gemini.

Uma equipe de astrofísicos da Universidade de Montreal confirmou ser o objeto, registrado em setembro de 2008, um planeta. O planeta orbita a uma distância de sua estrela equivalente a 300 vezes a distância entre Terra e Sol. Sua estrela 1RXS J160929.1-210524 está situada na constelação de Escorpião.

Embora a imagem do exoplaneta tenha sido registrada em 2008, somente agora a equipe pode confirmar que o objeto é, de fato, um exoplaneta. A confirmação faz de Ray Jayawardhana e Marten van Kerkwijk, pesquisadores da Universidade de Toronto, e David Lafrenière da Universidade de Montreal os pioneiros oficiais da primeira imagem de um exoplaneta.

A imagem obtida pelo telescópio de 8 m Gemini Nord, com um sistema óptico adaptativo de alta resolução, do Observatório Gemini, Canadá, mostra que o planeta se encontra ao lado da estrela de massa similar ao Sol. Mas, pela imagem, não é possível determinar se sua posição decorre de um alinhamento casual com a estrela ou se de fato o objeto circula ao redor dela. A grande proximidade entre os dois objetos apenas sugere uma ligação entre eles.


As novas observações da equipe confirmaram, sem deixar dúvida, que o objeto em questão é um exoplaneta orbitando sua estrela. O exoplaneta de massa oito vezes a de Júpiter possui o maior raio de órbita conhecido até hoje.

O resultado do estudo encontra-se publicado na revista Astrophysical Journal.