Consumo diário de gengibre diminui dores musculares

Se você está sofrendo porque exagerou nos exercícios, aprenda já: efeitos anti-inflamatórios podem ser obtidos naturalmente.

root

19 Maio 2010 | 14h31

Propriedades terapêuticas do gengibre propriedades terapêuticas são resultado da ação de várias substâncias, especialmente do óleo essencial que contém canfeno, felandreno, zingibereno e zingerona.

Propriedades terapêuticas do gengibre propriedades terapêuticas são resultado da ação de várias substâncias, especialmente do óleo essencial que contém canfeno, felandreno, zingibereno e zingerona.

Muitas pessoas já sabem que o gengibre tem algumas propriedades que ajudam a manter a saúde em dia. Agora, pesquisadores da Universidade da Geórgia, nos EUA, mostram que o consumo diário do rizoma pode também reduzir dores musculares causadas por exercícios físicos.

Pesquisas anteriores tinham mostrado os efeitos anti-inflamatórios do gengibre em roedores, mas nenhum trabalho explorou estes efeitos em seres humanos de forma aprofundada. Então, a equipe conduziu experiências com voluntários de 30 a 40 anos.

Alguns indivíduos consumiram cápsulas contendo 2 gramas de gengibre crus ou cozidos, e outros foram submetidos a placebo durante 11 dias consecutivos. No oitavo dia, todos tiveram que realizar 18 atividades com peso para induzir a lesão muscular moderada nos braços.

Depois, funções, inflamações, dores e outros aspectos foram avaliados novamente. O estudo mostra que a suplementação diária de gengibre reduziu a dor induzida pelo exercício em 25%, e que o efeito não foi reforçado pelo aquecimento da planta.

Veja também:

Cafeína retarda danos do Alzheimer e restaura funções cognitivas
Brócolis enriquecido pode ter maior atuação anticancerígena
Ácido fólico pode retardar efeitos do envelhecimento e evitar doenças
Mera presença de carboidratos na boca aumenta força muscular