Crianças com doença falciforme apresentam anormalidades no coração

Pesquisadores demonstraram que índices baixos de saturação do oxigênio no sangue estão relacionados à estrutura do coração.

root

28 Abril 2010 | 11h57

A doença falciforme é uma desordem do sangue hereditária que afeta glóbulos vermelhos do sangue, deixando-as em formato de foice.

A doença falciforme é uma desordem do sangue hereditária que afeta glóbulos vermelhos do sangue, deixando-as em formato de foice.

Crianças com doença falciforme que também apresentam baixos níveis de oxigênio no sangue, dormindo ou acordadas, são mais propensas a ter anormalidades no coração. A conclusão é de pesquisadores da escola de medicina da Universidade de Washington, nos EUA.

Problemas cardíacos são bastante comuns em jovens adultos com a doença, mas os médicos não sabem dizer por que. Os pesquisadores demonstraram que índices baixos de saturação do oxigênio no sangue estão relacionados à estrutura do coração vista em 44 crianças estudadas.

No estudo em questão, o primeiro a analisar o sono e ecocardiograma em crianças com a doença, anormalidades foram encontradas no coração: hipertrofia ventricular e disfunção diastólica, que causam o aumento do ventrículo e armazenamento anormal de sangue. Estes problemas estão associados à mortalidade precoce em adultos com a doença falciforme.

A pesquisa sugere que o início da doença cardíaca em adultos pode ter início na infância, embora os pesquisadores reforcem que é necessário ainda acompanhar estes participantes para reforçar as conclusões.

Até então, a maioria dos pesquisadores acreditava que o aumento do coração era resultado da anemia. Os resultados mostram que a associação não é tão simples assim: embora distúrbios respiratórios do sono tenham sido associados à hipertrofia ventricular e disfunção diastólica, apenas um quinto das crianças apresentou apneia e hipopneia obstrutiva. Além do mais, a saturação de oxigênio era igual ao dormir ou acordado e apenas um quarto dos pacientes tinha valores médios de saturação de oxigênio abaixo do normal.

Doença falciforme

A doença falciforme é uma desordem do sangue hereditária que afeta glóbulos vermelhos do sangue (que contêm hemoglobinas, as substâncias que carregam oxigênio dos pulmões a outras partes do corpo).

Em pacientes com a doença, os glóbulos vermelhos possuem um tipo anormal de hemoglobina que causa a endurecimento e deformação das hemoglobinas – adquirindo o aspecto de foice, de onde vem o nome. As células falciformes não podem passar através dos minúsculos vasos sanguíneos, o que pode impedir o sangue de chegar a alguns tecidos, resultando em danos, dor e derrames.

Além disso, as células falciformes têm vida curta, o que leva a escassez de glóbulos vermelhos e anemia. O coração cresce porque tem que trabalhar mais.

Veja também: