Dieta rica em gorduras na puberdade aumenta risco de câncer de mama

Mesmo em meninas magras, alimentação pode determinar se futuramente ela terá um risco maior de desenvolver a doença.

root

31 Agosto 2010 | 16h20

Você não precisa esperar ficar gordinha para entender o que uma alimentação rica em gordura faz no seu organismo. De acordo com um estudo realizado pela Universidade Estadual do Michigan, nos EUA, dietas ricas em gordura durante a puberdade podem aumentar o risco de mulheres desenvolverem câncer de mama mais tarde. Mesmo em meninas magras.

“O período da puberdade é crucial, pois é quando a estrutura básica é criada para o desenvolvimento de glândulas mamárias”, explica Sandra Haslam, professora da fisiologia e diretora do centro de pesquisa em câncer de mama da universidade. “O que estamos vendo a partir de pesquisas preliminares em animais é que uma dieta rica em gordura durante a puberdade pode levar à produção de produtos inflamatórios na glândula mamária de adultos, que podem promover o crescimento do câncer”.

O trabalho foi baseado em uma pesquisa anterior da equipe, que descobriu que o hormônio progesterona ativa genes que provocam a inflamação na glândula mamária. Esta inflamação pode ser um fator de risco para a doença. Agora, os pesquisadores demonstraram que este mesmo efeito pode ser alcançado por uma dieta rica em gorduras.

Uma vez que estas alterações inflamatórias ocorrem durante o primeiro momento crucial (a puberdade é um período de intenso desenvolvimento e divisão celular), elas podem ter efeitos duradouros.

Agora, os cientistas planejam testar as conclusões pela análise de dois modelos de ratos com câncer de mama e efeitos de dietas ricas em gordura durante a puberdade. Os pesquisadores desejam experimentar algumas intervenções anti-inflamatórias projetadas para neutralizar os efeitos negativos deste tipo de alimentação.

Veja também:

Álcool e dieta têm relação com perfis epigenéticos e tamanho do tumor
Capacidade de concentração melhora durante a adolescência
Altos níveis de estradiol podem indicar predisposição a transtornos alimentares
Consumo de álcool na adolescência aumenta risco de câncer de mama

Leia mais sobre: câncer.