Pesquisadores desenvolvem o menor chip com filtro passa-baixa do mundo

A novidade representa uma nova geração de celulares e aplicações em dispositivos sem fio, com recepção de mensagem mais clara.

root

20 Outubro 2010 | 12h12

Uma equipe de pesquisadores da Nanyang Technological University, em Cingapura, conseguiu desenvolver o menor chip filtro passa-baixa do mundo, até mil vezes menor do que os filtros convencionais. A novidade representa uma nova geração de celulares e aplicações sem fio, em que a recepção de uma mensagem será mais clara para o usuário.

Um filtro passa-baixa é um circuito que permite que os sinais de baixa frequência passem ao mesmo tempo, reduzindo os sinais indesejáveis das passagens de alta frequência. Comparados aos atuais filtros sem chip, que são componentes discretos e volumosos, os filtros no chip ocupam uma pequena área de circuitos integrados, que podem ser encontrados em dispositivos portáteis como telefones celulares, laptops e radares.

“Este novo filtro passa-baixa pode levar a uma melhoria significativa na qualidade do sinal, pois elimina quase todas as interferências indesejadas e de ruído no meio ambiente”, afirma Yeo Kit Seng, responsável pelo setor de circuitos e sistemas em engenharia eletrônica da universidade.

“Isso resulta em uma recepção mais clara, e uma clareza maior para os usuários de telefone celular e aplicações sem fio, como Bluetooth, e outros dispositivos móveis. Por exemplo, se você está falando com o seu amigo em um telefone móvel em um centro de alimentação ruidoso ou em um trem, você ainda seria capaz de ouvi-lo claramente”.

O filtro também consome menos energia e pode ser facilmente incorporado em chips de circuitos integrados existentes sem elevar demais o custo do produto. Significa que, além de uma qualidade de sinal melhor, os consumidores podem economizar energia sem qualquer custo adicional na compra de um celular, por exemplo.

Veja também:

Lagartixa inspira desenvolvimento de carimbo para circuitos eletrônicos
Superposição de camadas de nanopartículas melhora transistores
Nuvem de átomos resfriados torna campos de microondas visíveis
Equipe faz “crescer” nanofios semicondutores de alta qualidade

Leia mais sobre: computação.