Escolha de parceiro é fortemente influenciada pela opinão de estranhos

Homens e mulheres mostram interesse maior por pessoa se outras a consideram interessante, provando que ninguém vive no "vácuo".

root

07 Junho 2010 | 15h11

Homens e mulheres mostram interesse maior por uma pessoa se outras pessoas a consideram interessante.

Homens e mulheres mostram interesse maior por uma pessoa se outras pessoas a consideram interessante.

O amor pode ser cego, mas os outros não são. E a forma como eles avaliam o seu companheiro pode determinar o seu relacionamento amoroso. É que, de acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Indiana, nos EUA, homens e mulheres são fortemente influenciados não apenas pela opinião dos colegas, como pelo que estranhos pensam.

“Os seres humanos não existem no vácuo”, diz Skyler Place, principal autor do estudo. “Do ponto de vista evolucionário, faz sentido termos desenvolvido mecanismos que nos permitam tirar partido de informações complementares em nosso meio social”. Assim, a escolha não acontece de forma tão individual como pensamos, mas de acordo com a preferência dos outros. A moral seria: bom para eles, bom para nós. Desta forma, o processo de busca de parceiros se torna mais eficiente.

Amor à primeira vista dos outros

Para o estudo, 40 homens e 40 mulheres tiveram que assistir a um vídeo de encontros rápidos entre casais, onde os participantes depois escolhiam se gostaria de ver a outra pessoa novamente. A ideia era reproduzir um microcosmo realista do comportamento de escolha de parceiros.

Os participantes que assistiram aos vídeos tiveram que prever se os encontros foram bem-sucedidos ou não e foram avaliados em relação ao interesse em relação aos “personagens” a partir desta previsão.

O interesse dos homens pelas mulheres aumentou após os vídeos, mas aumentou muito mais quando parceiros no vídeo se mostraram interessados. Mais ainda, se os homens interessados eram considerados atrativos. Entre as mulheres, o interesse pelo homem ficou menor se a moça no vídeo era considerada “sem graça”.

“Para homens, atração relativa das pessoas que estão vendo importa – não é qualquer um que pode influenciar seu comportamento, apenas homens que eles julgam ser pelo menos tão atrativos quanto eles”, explica Place. “Nós também notamos sinais desta influência em mulheres em um estudo maior que ainda está sendo analisado”.

Para Place, os resultados mostram que a nossa escolha depende muito da escolha dos outros. “É claro que as pessoas se importam com o que amigos e família pensam de seus potenciais parceiros românticos”, diz. “Se você vai a uma festa e não conhece ninguém, você pode pensar ‘Por que eu vou me importar com o que os outros pensam’; na realidade, você está prestando muita atenção ao que outros de nosso meio social estão pensando e fazendo”.

Veja também:

Leve a sério: a sua felicidade realmente depende da dos outros
Diferença de idade do casal reduz expectativa de vida das mulheres
Spray de hormônio oxitocina faz homens ficarem mais sensíveis
Mulheres atraentes despertam comportamento de risco em homens
Sem crise: homens realmente sentem menos culpa do que as mulheres