Estudos mostram que solidão pode levar a problemas graves de saúde

Algumas pessoas gostam de estar sozinhas. Mas um estudo revela que para aqueles que estão verdadeiramente sós, a questão é de percepção.

root

18 Junho 2010 | 16h44

Algumas pessoas gostam de estar sozinhas. Mas um estudo revela que para aqueles que estão verdadeiramente sós, a questão é de percepção e pode ter graves consequências. Crédito: UA News -  FJ Gaylor Fotografia.

Algumas pessoas gostam de estar sozinhas. Mas um estudo revela que para aqueles que estão verdadeiramente sós, a questão é de percepção e pode ter graves consequências. Crédito: UA News - FJ Gaylor Fotografia.

“E ninguém é eu, e ninguém é você. Esta é a solidão”, escreveu Clarice Lispector. Por este motivo, colecionar seguidores no twitter ou em outras redes sociais parece estar longe de afastar este sentimento. De acordo com dois estudos realizados pela Universidade do Arizona, nos EUA, relações superficiais não apenas resultam em sensações de desprendimento, quanto contribuem para problemas de saúde. A razão: a solidão é uma questão de percepção e, sentindo-se solitária, a pessoa tende a sofrer mais com o estresse diário.

“Existe uma associação entre redes sociais e saúde, mas o mecanismo preciso ainda não é compreendido”, diz Stacey Passalacqua, autor dos artigos ao lado de Chris Segrin. Os pesquisadores se debruçaram sobre a questão da percepção individual de estresse e suporte social, para tentar entender como a solidão pode atuar negativamente sobre a saúde.

O trabalho envolveu 265 adultos com idades entre 19 e 85 anos. Os resultados mostram que pessoas solitárias estão propensas a relações sociais menos estreitas, estando menos aptas também a lidar com o estresse. Resultado? Problemas de saúde e sono inadequado.


Relações estabelecidas na internet não são necessariamente problemáticas, embora aquelas tecidas antes de uma distância sejam mais fortes. Além disso, o lema “antes só do que mal acompanhado” pode ser algo relativo, já que a presença de amigos íntimos e família podem afastar sentimentos negativos. “Há tantas pessoas presentes em nossas interações do dia-a-dia”, diz Segrin. “Mas a ausência de familiares próximos e amigos íntimos é algo que deve ser levado a sério. Às vezes, não percebemos quão importante são essas relações para nossa saúde”. E então… Já ligou para a sua mãe hoje?

Veja também:

Mulheres deprimidas e homens extrovertidos têm mais filhos
Escolha de parceiro é fortemente influenciada pela opinão de estranhos
Para a fraqueza, uma dose diária de natureza cai bem
Diferença de idade do casal reduz expectativa de vida das mulheres
Estudo com centenários mostra que perspectiva feliz prolonga a vida
Leve a sério: a sua felicidade realmente depende da dos outros