Exercícios físicos aumentam capacidade de concentração

Maior pesquisa do gênero mostra que 15 minutos de atividades diárias podem melhorar performance em testes de cognição.

root

19 Abril 2010 | 09h43

Déficit de atenção pode ser resultado da vida moderna, que limita atividade física das crianças.

Déficit de atenção pode ser resultado da vida moderna, que limita atividade física das crianças.

Exercícios podem beneficiar estudantes, aumentando a capacidade de concentração em sala de aula. É o que mostra novo estudo realizado com mais de mil crianças pela Universidade de Leeds, no Reino Unido. De acordo com o trabalho, apenas 15 minutos de atividades físicas são capazes de melhores a performance de alunos em testes de cognição.

“Muitas pesquisas com idosos demonstraram que exercícios ajudam o cérebro a funcionar”, diz Mark Mon-Williams, professor de psicologia cognitiva na universidade. “Esse é o primeiro estudo a mostrar que exercícios podem ter efeitos similares em crianças”.

Os pesquisadores ainda não sabem como atividades físicas podem ajudar as crianças a terem uma concentração maior, e outras pesquisas precisam ser realizadas para determinar os mecanismos cerebrais envolvidos no processo. Entretanto, o trabalho já é capaz de mostrar que exercícios em escolas podem ajudar o rendimento acadêmico. “A pesquisa também coloca em questão o quanto o declínio frequente de atenção relatado em crianças nessa vida moderna resulta da falta de exercícios físicos”, ressalta Justin Williams, do setor de psiquiatria infantil da Universidade de Aberdeen, parceira neste estudo.


Veja também:

Dieta sem exercício desperta mecanismo de compensação
Está estressado? NÃO vá pescar: melhor atividade pode ser o futebol
Manter as rotinas diárias melhora a qualidade do sono em idosos
Mulheres de meia idade precisam de 60 minutos de exercícios diários
Exercícios físicos aumentam inteligência em homens de meia-idade