Exercícios físicos aumentam inteligência em homens de meia-idade

Nada ao extremo. Se você quer ser um sênior esperto, leia bastante, mas nunca se esqueça de se manter realmente ativo.

root

08 Fevereiro 2010 | 17h20

Atividades físicas aumenta níveis de inteligência nos homens, especialmente na meia idade.

Atividades físicas aumenta níveis de inteligência nos homens, especialmente na meia idade.

Nada ao extremo. Se você quer ser um sênior esperto, leia bastante, mas nunca se esqueça de se manter realmente ativo. Uma pesquisa da Universidade de Gothenburg, na Suécia, prova que homens que exercitam regularmente o corpo tendem a manter o cérebro na ativa também.

O objetivo do estudo era observar associações entre exercícios aeróbicos, que acionam a parte cardiovascular e muscular, ao poder do cérebro e ao status socioeconômico. Então, passaram a avaliar mais de um milhão de suecos nascidos entre 1950 e 1976 que serviram o exército aos 18 anos de idade. Aspectos físicos e mentais foram estudados com base em dados de arquivos. Eles também levaram em conta a família e influências genéticas. Em seguida, estas mesmas pessoas foram avaliadas com base nos sucessos na meia-idade, como escolaridade e ocupação.

Ao que tudo indica, existe uma ligação forte entre o condicionamento cardiovascular e ser inteligente. Os resultados também mostram que a mesma ligação pode existir em garotos adolescentes. De acordo com os relatórios, pessoas do sexo masculino entre 15 e 18 anos tem maiores índices de inteligência do que indivíduos sem aptidão cardiovascular. A conclusão estaria no fato de que pessoas fisicamente ativas tendem a aprender melhor.