Homens homossexuais têm mais facilidade para reconhecer rostos

Como as mulheres, eles usam os dois lados do cérebro para codificar informações e resgatá-las, tornado o processo bem mais eficiente e rápido.

root

22 Junho 2010 | 11h53

Mulheres e homens homossexuais têm mais facilidade para recuperar informações do cérebro, já que atuam com os dois lados do hemisfério ao

Mulheres e homens homossexuais têm mais facilidade para recuperar informações do cérebro, já que atuam com os dois lados do hemisfério ao "captar" informações.

Homens homossexuais conseguem lembrar rostos familiares de forma mais detalhada que heterossexuais. Como as mulheres, eles usam os dois lados do cérebro para resgatar informações, de acordo com uma nova pesquisa da Universidade York, no Canadá.

“Nossos resultados sugerem que tanto os homens gays como as mulheres heterossexuais codificam as faces bilateralmente”, explica Jennifer Steeves, professor do Departamento de Psicologia da Faculdade de Saúde de York. “Isso permite uma recuperação mais rápida da informação armazenada”.

Para chegar a estas conclusões, os pesquisadores mostraram fotos de rostos para os participantes e pediram para eles diferenciá-las de outras 50 fotos – sendo que eles tiveram apenas milissegundos para ver cada figura. As imagens foram editadas em preto e branco e para cortar as orelhas, os cabelos e manchas, que poderiam servir como sinais evidentes de identificação.

Além disso, a equipe analisou a influência da dominância manual nestas tarefas, descobrindo que canhotos heterossexuais tinham melhores habilidades de reconhecimento facial do que homossexuais canhotos. A dominância manual pode estar ligada tanto ao funcionamento do hemisfério cerebral como orientação sexual.

“Nossos resultados são consistentes com o que sabemos sobre a organização e lateralidade de como processamos rostos, dependendo de nosso sexo, orientação sexual e habilidades manuais”, diz Steeves.

Estudos anatômicos do corpo caloso, que facilita a comunicação entre o lado direito e lado esquerdo do cérebro, também indicam uma diferença nas habilidades manuais: mulheres e homens canhotos possuem corpo caloso mais largo e córtex mais simétrico do que homens destros. “Estas diferenças anatômicas provavelmente contribuem para os resultados com desempenho mais lateralizado visto entre destros e heterossexuais”, diz Steeves.

Veja também:

Mulheres atraentes despertam comportamento de risco em homens
Identificada área do cérebro responsável pela “avareza”
Ausência de filhos é “compensada” por cuidado extra com sobrinhos
Sem crise: homens realmente sentem menos culpa do que as mulheres