Exame de sangue pode dar sinais de alerta de câncer colorretal

Exames de sangue de rotina podem fornecer um sistema de alerta precoce de câncer colorretal, pelos níveis de hemoglobina.

root

03 Agosto 2010 | 18h18

Exames de sangue de rotina podem fornecer um sistema de alerta precoce de câncer colorretal. De acordo com pesquisadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, os níveis de hemoglobina podem indicar a doença. Quanto mais cedo uma pessoa for diagnosticada com o problema, mais eficaz será o tratamento.

Um artigo sobre o estudo, publicado no European Journal of Cancer Prevention, mostra que a maioria dos pacientes com câncer do cólon tem um histórico de níveis baixos de hemoglobina, até quatro anos antes de ser diagnosticada com o problema. Contudo, estes resultados só eram observados como um sintoma da doença até então.

Os pesquisadores afirmam que o contínuo declínio em longo prazo pode anunciar o aparecimento de um tumor. A tendência de queda de mais de 0,28 gramas por decilitro semestralmente pode mostrar que alguma coisa não vai bem mesmo.

Tendo em conta a relação entre anemia e câncer colorretal, a equipe analisou mais de 3 mil pacientes com câncer e 10 mil pessoas do grupo de controle sem a doença, observando os resultados de sangue ao longo de uma década. Apesar dos níveis de hemoglobina variarem de uma pessoa para outra, indivíduos que tinham câncer apresentaram redução contínua durante os últimos quatro anos.

Segundo os pesquisadores, os sinais de aviso podem passar despercebidos, já que os resultados finais podem estar dentro da faixa considerada “normal”. Entretanto, é preciso olhar a tendência, a diminuição em relação ao nível médio específico de cada pessoa. Esta análise poderá indicar que algo está fora de controle.

Veja também:

Bactérias podem indicar presença de câncer no aparelho digestivo
Teste de sangue poderá revelar no futuro se paciente sofre de depressão
Álcool e dieta têm relação com perfis epigenéticos e tamanho do tumor