Nova espécie de ancestral humano é identificada por antropólogos

Homo gautengensis é a nova espécie reconhecida por australianos. Partes do crânico foram encontradas décadas atrás na África do Sul.

root

20 Maio 2010 | 17h01

Reconstrução do Homo gautengensis. Crédito: Darren Curnoe/UNSW.

Reconstrução do Homo gautengensis. Crédito: Darren Curnoe/UNSW.

A nossa árvore genealógica cresceu um pouquinho mais com a identificação de outra espécie de ancestral humano, obtida a partir de análises de partes de um crânio encontrado décadas atrás na África do Sul por pesquisadores da Universidade de New South Wales, na Austrália.

Batizada de Homo gautengensis, é a primeira espécie reconhecida do gênero. Embora os fósseis indicassem que o indivíduo pertencia ao gênero Homo, não se enquadrava em nenhuma classificação anterior.

Darren Curnoe, antropólogo responsável pela descoberta, afirma que a novidade – ao lado do Australopitheus sediba, recentemente descoberto – contribui para o número de espécies humanas contabilizadas, fornecendo mais dados ainda sobre a complexa e incrível história evolutiva do homem.

Veja também:

Estudo revela que homens modernos cruzaram com neandertais
Pesquisadores identificam novo ancestral direto do Homo erectus
Tamanho do Homo floresiensis pode mesmo ser resultado de seleção natural
Moléculas altruístas podem ter ajudado na formação das primeiras formas de vida