Ortofosfato de prata é usado para limpar água e produzir energia limpa

Composto inorgânico pode ser usado para oxidar a água apenas com o poder da luz solar. A ideia pode ser útil na hora de converter energia solar.

root

08 Junho 2010 | 09h50

Ortofosfato de prata é capaz de decompôr contaminantes da água de forma relativamente simples.

Ortofosfato de prata é capaz de decompôr contaminantes da água de forma relativamente simples.

É claro que a água na Terra não vai acabar. A preocupação em relação ao precioso líquido é a quantidade de água limpa que teremos para beber daqui alguns séculos.

Mas, a ciência chega mesmo é para ajudar: pesquisadores da Universidade Nacional da Austrália estão desenvolvendo um método simples de produção de energia limpa e tratamento de águas residuais pela utilização de ortofosfato de prata. 

Parece que o composto inorgânico pode ser usado para oxidar a água apenas com o poder da luz solar. A ideia pode ser bastante útil na hora de converter energia solar ou quebrar contaminantes da água. 


“O material que nós estudamos é um semicondutos inorgânico muito simples – ortofosfato de prata”, explica Ray Winthers, envolvido no trabalho. “Sob iluminação de luz visível deste material, é possível ver a incrível capacidade de oxidar a água para liberar o oxigênio, bem como para quebrar contaminantes orgânicos, tais como o azul de metileno, rodamina B e outros produtos químicos que podem ser indesejáveis no abastecimento de água”.

Veja também:

Descoberto metal catalisador barato para obter hidrogênio da água
“Panela de pressão” acelera produção de óleo a partir de microalgas
Bactéria recém-descoberta dobra produção de gás hidrogênio
Física verde: experiências com fusão nuclear prometem energia limpa
Como bactérias se alimentam de lixo para produzir energia limpa
Novo catalisador substitui o cobalto no processo de eletrólise da água
Veículo subaquático alimentado por energia térmica é testado com sucesso