Parcela significativa de obesos mórbidos não tem um pedaço do DNA

Falha pode significar ausência de até 30 genes identificados em pessoas com o índice de massa corporal normal.

root

04 Fevereiro 2010 | 18h34

Obesidade mórbida afeta cerca de 300 milhões de pessoas no mundo.

Obesidade mórbida afeta cerca de 300 milhões de pessoas no mundo.

Uma pequena, mas significativa, parcela de pessoas com obesidade mórbida apresenta uma falha da sequência do DNA. O alerta foi feito por pesquisadores da Imperial College London, no Reino Unido, e McGill University, no Canadá. De acordo com a pesquisa, a falta de uma parte do código genético pode significar a perda de 30 genes. A mesma variação genética não foi identificada em pessoas com o peso normal.

A obesidade mórbida, caracterizada por índice de massa corporal superior a 40, afeta 300 milhões de pessoas no mundo. Pesquisadores acreditam que os problemas de peso de aproximadamente um em cada 20 obesos mórbidos possam estar relacionados a variações genéticas, incluindo mutação e perda de DNA.

Estudos anteriores identificaram inúmeras variações genéticas que contribuem para a obesidade, a maioria relacionada a uma única mutação no DNA que altera a função de um gene. Entretanto, os resultados da nova pesquisa mostram que a obesidade possa ser causada por uma variação genética rara, em que uma parte do DNA está faltando.

Os pesquisadores ainda não sabem dizer a função desses “genes perdidos”, mas estudos anteriores já associaram a falta de genes ao autismo, atraso no desenvolvimento e esquizofrenia. Identificar essas variações genéticas e descobrir a função destes genes que não estão na sequência de DNA pode ser um grande passo no desenvolvimento de testes genéticos que indiquem o melhor tratamento para cada organismo.

Todas as pessoas herdam duas cópias de DNA: uma do pai e outra da mãe. Às vezes, uma falha no processo de cópia em um ou mais genes pode ter resultados drásticos. Especialistas acreditam que outras faltas genéticas possam existir e explicar a tendência à obesidade.

Veja também:

Cerca de 8% do material genético humano é proveniente de um vírus
Cientistas fazem mapeamento do genoma do câncer de pele e pulmão
Informações nutricionais no cardápio reduzem consumo de calorias em quase 15%
Redução de açúcar prolonga vida de células saudáveis em ratos