Pesquisadores identificam os principais sinais de alerta para infecções graves em crianças

Respiração acelerada, má circulação do sangue na pele e extremidades e erupções cutâneas levantam a bandeira vermelha.

root

03 Fevereiro 2010 | 17h26

Respiração acelerada e manchas vermelhas no corpo podem indicar infecção grave.

Respiração acelerada e erupções cutâneas no corpo podem indicar infecção grave.

Um conjunto de sinais que pode ser observado por médicos para identificar as poucas crianças que podem ter uma infecção grave – entre tantas com tosses e resfriados – foi identificado por uma equipe europeia liderada por pesquisadores da Katholieke Universiteit Leuven, na Bélgica, e da Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Respiração acelerada, má circulação do sangue na pele e extremidades e erupções cutâneas – como pequenas manchas vermelhas e roxas – levantam a bandeira vermelha para confirmar a ocorrência de uma infecção grave. Febre acima de 40ºC é um sinal de alerta.

Infecções graves como meningite, pneumonia ou septicemia (infecção geral grave do organismo) podem ser de difícil diagnóstico entre as muitas crianças levadas aos médicos e hospitais. Detectar um problema grave rapidamente permite que as ações tomadas tenham melhor resultado.

“Para os médicos, às vezes é como encontrar uma agulha em um palheiro”, diz Matthew Thompsom, do departamento de primeiros socorros da Universidade de Oxford, co-autor do estudo. As infecções graves são raras, muito em função da vacinação, o que leva muitos médicos a descartar problemas mais graves. O diagnóstico fica mais difícil ainda quando a infecção ainda está em estágio precoce.

Os pesquisadores ainda afirmam que o médico deve escutar os pais, acreditando em seus “instintos” – já que eles são os únicos que acompanham a criança desde os primeiros sinais do problema.