Telescópio detalha região de formação estelar na constelação de Touro

Telescópio detalha região de formação estelar na constelação de Touro

Da redação

15 Fevereiro 2012 | 20h11

Uma nova imagem obtida pelo telescópio APEX (Atacama Pathfinder Experiment, no Chile) mostra um filamento de poeira cósmica com mais de 10 anos-luz de comprimento. Localizada na constelação de Touro, é uma das regiões de formação estelar mais próximas de nós. Dentro da nuvem, formam-se núcleos onde o hidrogênio gasoso se torna muito denso e quente, iniciando as reações de fusão para dar à luz novas estrelas. Contudo, nessa etapa, a observação dos objetos cósmicos brilhantes que estão para despontar é dificultada pela presença da densa poeira ao redor. É por essa razão que os astrônomos recorrem a equipamentos especiais para observá-los.

Abaixo, uma comparação entre uma imagem captada com luz visível (esquerda) e uma obtida com a ajuda de equipamentos que conseguem captar comprimentos de onda em torno de um milímetro. Crédito das imagens: ESO/APEX (MPIfR/ESO/OSO)/A. Hacar et al./Digitized Sky Survey 2.

Veja também:

Hubble flagra vista panorâmica detalhada de Centauro A
Imagem de galáxia mostra como Via Láctea seria observada ao longe
Valsa diabólica: distante buraco negro é flagrado ‘engolindo’ estrela gigante