Hubble flagra imagens incrivelmente nítidas de confeção cósmica

Ofuscando parte de nuvens de gás e poeira, estrelas quentes e jovens polvilham a imagem em azul na região NGC 2467.

root

15 Julho 2010 | 17h56

Esta foto foi criada a partir de imagens tiradas com a Wide Field Channel of the Advanced Camera for Surveys, com três filtros diferentes (F550M, F660N e F658N, mostrado em azul, verde e vermelho). Esses filtros foram selecionados para mostrar diferentes elementos de gás através de diferentes cores. Estes dados foram tomados em 2004. Crédito: NASA, ESA and Orsola De Marco (Macquarie University).

Esta foto foi criada a partir de imagens tiradas com a Wide Field Channel of the Advanced Camera for Surveys, com três filtros diferentes (F550M, F660N e F658N, mostrado em azul, verde e vermelho). Esses filtros foram selecionados para mostrar diferentes elementos de gás através de diferentes cores. Estes dados foram tomados em 2004. Crédito: NASA, ESA and Orsola De Marco (Macquarie University).

O telescópio espacial Hubble flagrou imagens muito nítidas de uma “confecção cósmica”: uma região – NGC 2467 – que é uma enorme nuvem de gás, principalmente hidrogênio, que serve como uma incubadora de novas estrelas. Ofuscando parte de nuvens de gás e poeira, estrelas quentes e jovens polvilham a imagem em azul.

Algumas destas brilhantes estrelas, que emitem forte radiação ultravioleta, surgiram das densas nuvens onde nasceram e agora revelam beleza e dão dicas de processos astrofísicos em seu interior.

Análises mostram que a radiação é proveniente de uma única estrela brilhante massiva no centro da imagem, que com sua poderosa emissão de raios “limpou” o entorno – de forma que uma nova geração de estrelas pudesse nascer somente nas regiões mais densas da “borda”.

A NGC foi descoberta no século 19 e está situada no sul da constelação Puppis, que representa a popa do lendário navio Argo, na mitologia grega. Acredita-se que a NGC 2467 esteja a cerca de 13 mil anos-luz da Terra.

Veja também:

Telescópio espacial Planck revela “resquícios” do Big Bang no universo
Nascimento de estrela é observado no “berçário” de Perseus
Large Binocular Telescope oferece imagem até dez vezes mais nítida
Telescópio Herschel encontra buraco ao lado de berçário estelar
Imagem de incrível berçário estelar é captada na nebulosa de Rosette