Telescópio Hubble identifica menor objeto até hoje visto do Cinturão de Kuiper

root

20 Dezembro 2009 | 12h39

Esta imagem ilustra como o objeto foi identificado pelo telescópio Hubble. Crédito: NASA, ESA, and G. Bacon (STScI).

Imagem ilustra como o objeto foi identificado pelo telescópio Hubble. Crédito: NASA, ESA, and G. Bacon (STScI).

Como se fosse achar agulha no palheiro: o telescópio Hubble identificou o menor objeto até hoje visto em luz visível no Cinturão de Kuiper, um grande anel de detritos gelados que circunda a borda exterior do Sistema Solar a partir da órbita de Netuno. 

Os pesquisadores estimam que a região tenha mais de 100 mil pequenos corpos celestes. 

O objeto identificado tem apenas 3.200 metros de diâmetro e está a 4,2 bilhões de milhas distante da Terra.

A descoberta é mais uma evidência de que o cinturão esteja em transformação, já que a teoria mais recorrente é de que ele tenha se formado a partir de restos de uma nebulosa protossolar que deu origem aos planetas e que as rochas congeladas remanescentes estejam ficando menores em função das colisões. Como a que o Hubble flagrou.