Voyager 1 pode ter deixado o sistema solar … Será??

Voyager 1 pode ter deixado o sistema solar … Será??

Herton Escobar

20 Março 2013 | 16h51

Image credit: NASA/JPL-Caltech

Depois de 35 anos viajando no espaço, a sonda Voyager 1 pode ter, finalmente, deixado a “bolha” de influência do Sol (chamada heliosfera) e entrado no espaço interestelar da Via Láctea. A possível passagem da fronteira teria ocorrido no dia 25 de agosto do ano passado, a uma distância de aproximadamente 18,2 bilhões de quilômetros da Terra, segundo um estudo publicado online na revista

, publicada pela American Geophysical Union (AGU).

A suposição é baseada em mudanças bruscas nos níveis de radiação medidos pelos sensores da sonda: os chamados raios cósmicos anômalos, que dominam os limites da heliosfera, praticamente desapareceram; enquanto que os raios cósmicos galácticos, típicos do espaço interestelar, aumentaram significativamente. Justamente o que se esperava que acontecesse quando a sonda passasse de uma zona para outra, segundo o astrônomo Bill Webber, da Universidade Estadual do Novo México (EUA) em Las Cruces, um dos dois autores do estudo.

O que não significa que a sonda já esteja, de fato, no espaço interestelar. O fato de a Voyager 1 já ter ou não deixado a heliosfera é um tema polêmico já há algum tempo. A própria Nasa já divulgou uma nota hoje questionando os resultados do estudo: “O consenso da equipe científica da missão Voyager é que a Voyager 1 ainda não deixou o sistema solar nem chegou ao espaço interestelar. Em dezembro de 2012, a equipe científica da Voyager reportou que a Voyager 1 está numa região chamada ‘highway magnética’, onde as partículas energéticas mudaram dramaticamente. Uma mudança na direção do campo magnético será o último indicador crucial de que a sonda chegou ao espaço interestelar, e esta mudança de direção ainda não foi observada”, declarou Edward Stone, pesquisador da Missão Voyager no Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech).

Webber, porém, parece confiante de que a sonda atravessou uma fronteira significativa: “Está fora da heliosfera normal, eu diria. Estamos numa região nova; e tudo que estamos medindo é diferente e empolgante”, afirma ele, em um press release divulgado hoje pela AGU.

A Voyager 1 e sua irmã gêmea Voyager 2 foram lançadas pela Nasa em 1977, com a missão de explorar os planetas gigantes gasosos (Júpiter, Saturno, Urano e Netuno) e depois seguir viagem em direção ao espaço interestelar, carregando discos de ouro que contêm informações (sons, imagens e mensagens) gravadas sobre o planeta Terra e os seres humanos … caso algum alienígena algum dia dê a sorte de cruzar caminho com elas. Imagine só!

Mais informações nestes sites:

http://voyager.jpl.nasa.gov/index.html

http://www.nasa.gov/mission_pages/voyager/index.html

Imagem: NASA

Mais conteúdo sobre:

voyager