Fapesp estuda participação em telescópio gigante no Chile

Fapesp estuda participação em telescópio gigante no Chile

Herton Escobar

25 Fevereiro 2014 | 20h57

FOTO: Concepção artística do Giant Magellan Telescope. Crédito: Consórcio GMT

Herton Escobar / O Estado de S. Paulo

O site de notícias da revista Nature deu destaque hoje para a possível participação do Brasil (mais especificamente, de São Paulo) no projeto do Giant Magellan Telescope (GMT), um telescópio de 25 metros de diâmetro que deverá ser construído nos Andes chilenos por um consórcio internacional de países — atualmente formado por instituições acadêmicas dos EUA, Austrália e Coreia do Sul.

Leia a notícia da Nature: http://migre.me/i2WfX

Astrônomos brasileiros interessados no projeto apresentaram uma proposta de adesão à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), no valor de US$ 40 milhões, que está sendo avaliada pela diretoria científica da entidade. Segundo a reportagem da Nature, isso garantiria aos pesquisadores brasileiros 4% do tempo de observação do telescópio, orçado em US$ 880 milhões. O consórcio GMT divulgou em 19 de fevereiro que o projeto passou pela última etapa de avaliação técnica e está pronto para entrar em construção. Só falta garantir o dinheiro.

O GMT é um de três telescópios “gigantes” que estão sendo propostos para explorar o universo nas próximas décadas. Outro deles é o European Extremely Large Telescope (E-ELT), do qual o Brasil também estuda fazer parte, juntando-se ao Observatório Europeu do Sul (ESO). A adesão, neste caso, depende de ratificação do Congresso, por tratar-se de um acordo entre países (e não entre instituições, como no caso do GMT). O projeto chegou ao Congresso em maio de 2013, após vários anos de discussão e polêmica sobre os custos-benefícios envolvidos.

Para mais informações sobre a adesão da Fapesp ao GMT, veja: http://agencia.fapesp.br/18285

Para mais informações sobre a adesão do Brasil ao ESO/E-ELT, veja: http://migre.me/i2Wk2

Gostou? Compartilhe! Siga o blog no Twitter: @hertonescobar; e Facebook: http://goo.gl/3wio5m