FUNERAL DE BRANCO

FUNERAL DE BRANCO

Herton Escobar

12 Dezembro 2010 | 18h25

Corais branqueados. FOTO: J.E.N. Veron

.

Se você quer entender melhor o que está acontecendo com os recifes de coral do mundo (e porque você deveria se preocupar com isso) leia esse artigo do pesquisador J.E.N. Veron (em inglês). Fantástico, assustador e muito bem explicado.

Os recifes de coral são as florestas tropicais dos oceanos. Eles servem de lar, berçário, restaurante e abrigo para a maior parte da biodiversidade marinha do planeta. E estão gravemente ameaçados pelas mudanças climáticas … mais até do que as florestas tropicais da superfície, pois não precisam ser derrubados ou fisicamente agredidos para perecer. Se as concentrações de CO2 na atmosfera continuarem a aumentar, e as temperaturas globais continuarem a subir, os recifes de coral sofrerão duras consequências nas próximas décadas, mesmo que ninguém encoste mais um dedo neles. Isso porque eles são afetados diretamente pela temperatura, pela radiação solar e pela química dos oceanos. Quando a temperatura aumenta demais, ocorre o branqueamento. Quando aumenta o CO2 na superfície, aumenta também debaixo dela … a água fica mais ácida e os esqueletos calcários dos corais começam a se desintegrar. É um processo químico, inevitável. Não precisa ninguém ir lá com uma motosserra para derrubá-los. Nem adianta colocar uma cerca em volta.

Então, se você se preocupa com a Amazônia, preocupe-se também com os recifes de coral. Eles são tão importantes e precisam de ajuda tanto quanto ela. Ou até mais.

Abraços a todos.