TROMBETA EM PELE DE PAPAGAIO

TROMBETA EM PELE DE PAPAGAIO

Herton Escobar

18 Dezembro 2010 | 00h05

Peixe trombeta. (FOTO: Joost Daniels)

BONAIRE, ANTILHAS HOLANDESAS, 17/12/2010.

Mergulhando esta semana notei um comportamento muito curioso de um peixe recifal chamado trombeta (por causa da forma alongada de seu corpo). Os trombetas têm uma maneira muito característica de caçar: eles ficam pairando sobre os recifes, aparentemente parados, na posição vertical, e sempre apontando para baixo. Ficam olhando fixamente para os peixinhos que nadam abaixo deles … E quando um deles entra na linha de tiro, bang! … O trombeta se atira para baixo como uma flecha e abocanha a presa num piscar de olhos.


Esta semana, porém, descobri que os trombetas também caçam ativamente, nadando pelos recifes como um “peixe qualquer”. Só que com uma estratégia muito ardilosa: eles nadam “escondidos” ao lado de algum outro peixe … normalmente um peixe-papagaio, que é grande, nada sem parar por todo o recife e é herbívoro, portanto não é visto como um predador pelos outros peixes. É como a velha história do lobo em pele de cordeiro, só que nesse caso o cordeiro está vivo e o lobo está andando escondido ao lado dele para atacar o rebanho.

O trombeta, então, nada bem coladinho ao papagaio, mantendo-o como um “disfarce” entre ele e as presas. Quando o papagaio se aproxima de um cardume de peixinhos, o trombeta rapidamente passa para o outro lado e ataca de surpresa, abocanhando quem estiver mais próximo. E logo em seguida corre de volta para alcançar o papagaio de novo … tudo muito rápido.

Esse comportamento é conhecido como “shadow feeding” em inglês, querendo dizer que o trombeta segue o papagaio como uma sombra para se alimentar. (Não sei se existe uma tradução “oficial” em português … se algum biólogo de plantão souber, por favor me avise.)

Achei isso fantástico. Não canso de me impressionar com a inteligência dos animais. Afinal, imagine só: Como é que um peixe consegue “ter a ideia” de se esconder atrás de um outro peixe, que ele “sabe” que não vai assustar suas presas (porque é herbívoro)? Simplesmente incrível. E não estamos falando de golfinhos nem nada disso … mas de um “simples” peixe trombeta!

Imagine só!

Abraços a todos.