VIVA O EFEITO ESTUFA!

VIVA O EFEITO ESTUFA!

Herton Escobar

05 Março 2010 | 15h08

Gráfico: INECC

Gráfico: INECC

O Jornal Nacional anunciou há pouco que “pesquisadores americanos identificaram o vazamento de um gás nocivo ao meio ambiente no Oceano Ártico”.  Estavam falando de um estudo publicado na revista Science, sobre a liberação natural de metano de solos congelados (permafrost) submersos.

É muita injustiça chamar o metano de “gás nocivo ao meio ambiente”. O coitado faz parte da natureza. Não está fazendo nada de errado.

Então vou defender a honra do metano e aproveitar para esclarecer um erro muito comum no noticiário e no imaginário popular sobre o aquecimento global.


O efeito estufa NÃO é uma ameaça ao meio ambiente nem ao seres humanos. Pelo contrário: sem o efeito estufa, morreríamos todos congelados. A vida na Terra nem existiria, pois a temperatura média do planeta seria cerca de 35 graus Celsius mais fria (na casa dos -20C, em vez dos atuais +14C) e não existiria água líquida na superfície.

O efeito estufa é causado por uma camada de gases  (entre eles o metano e o dióxido de carbono, mas principalmente vapor d’água) que funciona como um cobertor — ou como o vidro de uma estufa de verdade — que aprisiona calor na superfície da Terra, mantendo-a bem quentinha e agradável para nós. Repito: sem esse efeito, a temperatura média do planeta seria de aproximadamente 20 graus NEGATIVOS. Imagine só! Nada agradável, né?

Então viva o metano! Viva o dióxido de carbono! Viva o vapor d’água! E viva o efeito estufa!

O que causa o aquecimento global é o AGRAVAMENTO desse efeito estufa, causado pelo acúmulo excessivo de gases-estufa na atmosfera, causado pela queima excessiva de combustíveis fósseis, desmatamento, pecuária e outras atividade que produzem esses gases. Ou seja: o problema não é o cobertor, é que o cobertor está ficando grosso demais!

Quem é “nocivo ao meio ambiente” não é o coitado do metano. Somos nós!

Abraços a todos.