Câmara aprova emenda tachada de ‘vergonha’ por Dilma

Estadão

25 Maio 2011 | 00h08

A Câmara aprovou a Emenda 164 ao Código Florestal, que dá poderes aos Estados para definir que tipo de atividades podem ser desenvolvidas em Áreas de Proteção Permanente (APPs). O placar de 273 votos a 182 representou uma clara derrota para o governo. Pouco antes do início da votação, o líder do Executivo, Cândido Vacarezza (PT-SP) tinha orientado a base aliada a rejeitar a proposta. O petista disse que a presidente Dilma Rousseff tinha lhe pedido para revelar em plenário que ela considerava a emenda “uma vergonha”. A intervenção de Vaccarezza provocou críticas de parlamentares da situação e oposição.