Expedição pelo Rio Pinheiros

Estadão

17 Maio 2011 | 11h27

O Rio em foto de Tiago Queiroz (11/5/2011)

Sim, foi isso mesmo que você leu: um passseio pelas margens, pela nascente e pela usina de Traição. A ideia foi da Associação Águas Claras do Rio Pinheiros. No domingo, dia 15, quase mil pessoas, divididas por 30 grupos, fotografaram, passearam e, por que não?, sentiram o cheiro forte do famoso curso d’água.

Os trajetos foram guiados por um especialista em uma área, como fotógrafos, arquitetos e escritores. No grupo “De onde vem e para onde vai a sua água?”, o fotógrafo Lalo de Almeida registrou, ao lado de outros participantes, as estações de tratamento de água.

Alguns grupos percorreram córregos da cidade e o escritor Marcelino Freire coordenou uma oficina literária do alto do terraço do edifício do escritório Pinheiro Neto Advogados (um dos integrantes da associação), com vista para o Rio Pinheiros.

Já o fotógrafo Luciano Candisani, da National Geographic, guiou o grupo à  nascente do rio, em Paranapiacaba. Além do escritório de Direito, compõem a associação o banco Santander e Nestlé, entre outros.

A TV Estadão participou do evento. Confira o vídeo aqui.