LEED com jeitinho brasileiro

Estadão

10 Março 2011 | 15h36

Por Gustavo Bonfiglioli

Uma parceria de duas instituições de construção verde no Brasil vai tentar popularizar no País a certificação LEED (Leadership in Energy and Evironmental Design), o selo de garantia de sustentabilidade em edificações mais reconhecido no mundo.

Veja também: Infográfico de um prédio sustentável

A Associação Telhado Verde (ATV Brasil) e o Green Building Council (GBC Brasil) firmaram acordo que prevê uma adaptação dos critérios do LEED à realidade sócio-ambiental brasileira. Também é esperada uma participação ativa da ATV nas construções sustentáveis no Brasil.


Marcos Casado, presidente da GBC Brasil, que cadastra e audita os empreendimentos que desejam o selo LEED, explica que “para obter a certificação, o projeto recebe pontos de acordo com as características da construção”. A que mais vale é o telhado verde: “Nenhuma ação sozinha pontua tanto na certificação”, complementa o presidente da ATV, João Manuel Feijó. Telhados verdes consistem na instalação de uma cobertura vegetal no topo das edificações, que ajudam a melhorar a qualidade do ar da cidade, capturar CO2 da atmosfera, aprimorar a climatização do prédio, a drenagem de águas de chuvas e a biodiversidade urbana, entre outros benefícios.

A LEED foi criada em 1998 pelo GBC norte-americano, e desde então já certificou em torno de 14 mil empreendimentos no mundo. A certificação tem cinco cirtérios principais: áreas sustentáveis, eficiência no uso de água, energia e atmosfera, materiais e recursos e qualidade ambiental interior. De acordo com a pontuação em cada categoria, a certificação pode variar em quatro níveis de excelência: certificação padrão, Silver, Gold e Platinum.

Já existem cerca de 200 edificações com LEED no Brasil – prédios comerciais, em sua maioria -, entre elas o complexo Rochaverá e o Eldorado Business Tower, em São Paulo. O Eldorado é o único brasileiro com certificação Platinum, a mais elevada. A parceria entre a ATV e a GBC Brasil quer tornar o LEED acessível para outros empreendimentos, como casas, escolas, etc.

edif__cio_Rochaver___int.jpg

Complexo comercial Rochaverá, em São Paulo, que possui certificação LEED Gold. Foto: Divulgação