Morte na floresta ganha repercussão internacional

Estadão

30 Maio 2011 | 18h19

Por Gustavo Bonfiglioli

O assassinato do casal de líderes extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, na terça-feira passada, gerou ampla discussão sobre a questão madeireira na Amazônia e sobre conflitos agrários nas florestas brasileiras – não só no País, mas em escala internacional. The New York Times e The Guardian, respectivamente os maiores veículos de comunicação americano e britânico, deram destaque à morte dos ativistas, que morreram em Nova Ipixuna (PA), vítimas de uma emboscada. Clique no nome de cada jornal para conferir a matéria.