'CSI' ou 'Glee', eis a questão

Giovanna Montemurro

09 Fevereiro 2011 | 13h49

Seus programas de TV preferidos podem dizer muito sobre suas atitudes no que diz respeito à violência e ao crime. Foi o que pesquisadores da Universidade de Nebraska-Lincoln, dos Estados Unidos, descobriram relacionando a predileção por produções como CSI, Polícia 24 horas às opiniões dos entrevistados sobre medo da violência e confiança na Justiça.

Segundo a pesquisa, programas como CSI – dramas criminais fictícios – não afetaram o medo que os entrevistados tinham de se tornarem vítimas da violência ou sua crença na eficácia da Justiça, mas aumentaram o número de adeptos da pena de morte (lembrando que as entrevistas foram feitas nos Estados Unidos, onde muitos estados têm a pena de morte legalizada).

Já os programas em estilo de documentário, como o brasileiro Polícia 24 horas, tiveram os efeitos mais negativos. Os telespectadores entrevistados passaram a ter mais medo da violência, além de terem cada vez menos confiança no sistema de justiça.

Aqueles que apenas acompanharam mais frequentemente a cobertura noticiosa dos crimes locais, apresentaram um aumento na crença de que os índices criminais estavam aumentando em sua região.

E ai, vai pensar duas vezes antes de mudar de canal agora?