Ratos paqueram entoando canções de amor ultrassônicas

Estadão

27 Janeiro 2012 | 16h01

Rato_SXC_Divulgacao_550.jpg

Pesquisadores da Universidade de Medicina Veterinária, parte do Instituto de Etologia Konrad Lorenz, em Viena, na Áustria, descobriram que os ratos cantam canções de amor ultrassônicas enquanto cortejam as fêmeas.

Durante o experimento, foram gravadas músicas entoadas em ondas ultrassônicas pelos roedores e traduzidas para a faixa auditiva humana. Com isso, dizem os pesquisadores, foi fácil perceber que os ratos produzem um som muito parecido com o canto dos pássaros.

Segundo o estudo, os machos cantam sempre que sentem o cheiro de qualquer fêmea. As ratas, por outro lado, são mais seletivas e podem reconhecer, pelo som, se o cantor é um irmão – mesmo que nunca o tenho ouvido cantar antes.

Os pesquisadores ainda não sabem explicar como funciona esse comportamento das fêmeas, embora possa estar ligado ao fato de irmãos terem vozes semelhantes. De qualquer maneira, os cientistas suspeitam que tal habilidade é fundamental para que as ratas evitem a consanguinidade.

[Via Gizmodo]