Sex Pistols analisado por arqueólogos?

Giovanna Montemurro

25 Novembro 2011 | 12h09

Dois arqueólogos britânicos deram declarações um tanto quanto polêmicas sobre desenhos de Johnny Rotten, do Sex Pistols, encontrados nas paredes de um apartamento de Londres. Para os pesquisadores John Schofield e Paul Graves-Brown, os rabiscos e grafites (cheios de palavrões e obscenidades, como era de se esperar) são o “Lascaux do punk” e deveriam ser tratados como achados arqueológicos. A polêmica opinião foi publicada na revista Antiquity.

Segundo os pesquisadores, os grafites de 1975 pintados nas paredes de uma casa do século XIX deveriam ser analisados com o mesmo cuidado e meticulosidade com que os cientistas analisam a arte paleolítica encontrada nas paredes de cavernas. Mais imagens e informações no Discovery