Uma partícula buckyball no espaço

Estadão

23 Fevereiro 2012 | 13h13

624834main_pia15266_full_full_.jpg

Pela 1ª vez, o Telescópio Espacial Spitzer, da Nasa, detectou no espaço a forma sólida de buckyballs, que são 60 átomos de carbono dispostos em esferas ocas que se assemelham a bolas de futebol. Eles já tinham sido detectados em 2010, mas apenas como gás.

Para se tornarem uma partícula sólida, os buckyballs devem se ficar juntos, conforme ilustrado acima. Nesse caso, eles se alinharam ao redor da pequena estrela XX Ophiuchi, que está situada 6.500 anos-luz da Terra.

A descoberta mostra que as esferas de carbono são prevalentes em certas regiões estelares do cosmos. Ao contrário de um gás, o sólido é mais denso, requerendo grandes quantidades de moléculas para se formar.

Os buckyballs levam esse nome porque também se parecem com as cúpulas geodésicas do falecido arquiteto Richard Buckminster Fuller.