ESA / DLR / FU Berlim,CC BY-SA 3.0 IGO
ESA / DLR / FU Berlim,CC BY-SA 3.0 IGO

Agência espacial mostra vestígios de enorme inundação em Marte

Fotografia evidencia erosão produzida por inundação há cerca de 3,5 bilhões de anos, em uma cratera de 25 quilômetros de diâmetro

O Estado de S.Paulo

02 Março 2017 | 15h26

A Agência Espacial Europeia (ESA) divulgou nesta quinta-feira, 2, fotografias em detalhe feitas pela sonda Mars Express dos efeitos de uma grande inundação em Marte, em que é possível ver vários impactos de meteoritos.

"A cena conserva um registro da atividade geológica durante bilhões de anos no planeta vermelho", afirmou a ESA em comunicado.

A agência explicou que é possível observar nas fotografias a erosão produzida por uma enorme inundação, ocorrida há cerca de 3,5 bilhões de anos, em uma cratera de 25 quilômetros de diâmetro.

Na mesma imagem aparecem os escombros intactos produzidos pelo impacto de outros meteoritos, o que sugere que aconteceram depois da inundação.

A ESA indicou que a aparência destes sinais geológicos mostram que o terreno era "rico em água ou gelo".

As imagens foram tomadas em 25 de maio de 2016 pela sonda Mars Express, a primeira missão europeia em Marte, lançada em 2003 com o objetivo de estudar a atmosfera marciana, sua geologia e para buscar vestígios de água. /EFE

 

Mais conteúdo sobre:
Marte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.