JPL-Caltech/NASA via The New York Times
JPL-Caltech/NASA via The New York Times

Asteroide de grandes proporções passará perto da Terra nesta quarta

Última vez que corpo celeste 'visitou' o planeta foi há 400 anos; segundo a Nasa, não há risco de colisão

O Estado de S.Paulo

18 Abril 2017 | 15h53

Um asteroide de mais de 600 metros de diâmetro passará nesta quarta-feira, 19, perto da Terra, mas não oferecerá nenhum risco aos terráqueos, informou a agência espacial norte-americana Nasa. 

"Ainda que não haja nenhuma possibilidade de que o asteroide entre em colisão com o nosso planeta, estará muito perto para um objeto espacial deste tamanho", disse a Nasa em um comunicado.

Denominado 2014-JO25, o asteroide mede aproximadamente 650 metros de diâmetro e passará a 1,8 milhão de quilômetros da Terra, ou seja, cinco vezes a distância entre o planeta e a Lua.

A última vez que o 2014-JO25 visitou a Terra foi há 400 anos e ele não voltará a passar perto do nosso planeta dentro de, pelo menos, 2.600 anos.

O objeto espacial passará perto do planeta após ter se esquivado do Sol e depois continuará seu caminho em direção a Júpiter, antes de voltar ao centro do sistema solar.

Em 2004, Toutatis, um asteroide muito maior - de 4 ,6 km de comprimento por 2,4 km de largura, com forma de amendoim - passou a 1.549.719 km, ou seja, quatro vezes a distância entre a Terra e a Lua.

A Nasa também estimou que não apresentava nenhum risco para o planeta Terra, pelo menos durante 558 anos, quando voltará a passar perto da Terra, dessa vez a uma distância muito menor.

A próxima visita de um objeto espacial de grandes dimensões não está prevista antes de 2027, quando o asteroide 199-AN10, de 800 metros de diâmetro, se aproximará a cerca de 380.000 km da Terra (a distância Terra/Lua).

A visita de 19 de abril é uma "oportunidade excepcional" para os astrônomos e os aficionados observarem o céu, destacou a Nasa. Sua superfície, duas vezes mais "refletora" que a da Lua, seria visível para um pequeno telescópio durante uma ou duas noites. /AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Mais conteúdo sobre:
Sol Lua Terra Nasa Júpiter

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.