REUTERS/NASA
REUTERS/NASA

Asteroide do tamanho de uma casa passará perto da Terra em outubro

Corpo celeste passará a apenas 44 mil quilômetros do nosso planeta; não há risco de colisão

O Estado de S.Paulo

10 Agosto 2017 | 15h52

Um asteroide do tamanho de uma casa passará em 12 de outubro a apenas 44 mil quilômetros da Terra, mas não representa perigo, anunciou nesta quinta-feira, 10, a Agência Espacial Europeia (ESA).

"Não se chocará com a Terra", declarou Detlef Koschny, codiretor da divisão de Objetos Geocruzadores (Near-Earth Objects) da ESA. Mas "passará tremendamente perto", reconheceu Rolf Densing, diretor de operações da ESA. O corpo celeste chegará um pouco além das órbitas dos satélites geoestacionários.

"Os satélites mais distantes estão a 36 mil quilômetros da Terra. Ou seja que realmente faltará pouco", disse Densing. O asteroide 2012 TC4, que foi descoberto em 2012, não voltou a ser observado até que recentemente foi detectado pelo VLT (Very large telescope) do Observatório Europeu do Sul (ESO) no Chile.

"Se trata de um objeto muito pequeno", "do tamanho de uma casa grande", disse Detlef Koschny. O asteroide mede entre 15 e 30 metros. A passagem deste asteroide oferecerá aos cientistas uma oportunidade para, entre outras coisas, estudar sua composição e saber se está em rotação, destacou Detlef Koschny. /AFP

Mais conteúdo sobre:
Terra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.