Reprodução / Nasa TV - 19/11/2009
Reprodução / Nasa TV - 19/11/2009

Astronautas do Atlantis fazem primeira caminhada espacial

Tarefa, que deve durar mais de 6 horas, é instalar uma antena em viga da Estação Espacial Internacional

Efe,

19 Novembro 2009 | 16h25

Os astronautas Mike Foreman e Robert Satcher, tripulantes do ônibus espacial "Atlantis", saíram nesta quinta-feira, 19, ao espaço para instalar novas peças na Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês). Foreman e Satcher abriram a escotilha às 12h24 de Brasília e, durante as seis horas e meia da caminhada, segundo a previsão, terão que colocar uma antena sobre a viga principal da estação e um suporte para os dutos de amoníaco de um de seus módulos.

 

"Isso é maravilhoso!", disse Satcher, ao sair para o espaço exterior. Para Satcher, é a primeira caminhada espacial, enquanto, para Foreman, que participou da missão STS-123 do "Endeavour" em março de 2008, é a quarta.

 

A primeira tarefa na qual estão trabalhando é revisar o braço robótico da estação. Os astronautas também colocarão um conjunto de cabos para o futuro acoplamento do laboratório "Destiny". Também substituirão parte do módulo "Unity" e instalarão um duto que precisarão para fornecer amoníaco ao "Destiny", que deve chegar à estação no próximo ano.

 

Foreman e Satcher fazem parte dos seis membros da tripulação do Atlantis que partiu em 16 de novembro do Centro Espacial Kennedy da Nasa (agência espacial americana), no sul da Flórida.

 

A missão liderada pelo comandante Charles Hobaugh transportou até o complexo científico 12,371 mil quilos de provisões e vários experimentos. O resto da tripulação é formado pelos especialistas Randy Bresnik, Leland Melvin e o piloto Barry Wilmore.

 

Bresnik ficará coordenando de dentro da nave as operações de seus colegas, enquanto o comandante da ISS, Frank De Winne, e o engenheiro de voo Jeff Williams continuam trabalhando nas conexões dos sistemas de eletricidade e refrigeração do módulo "Tranquility".

 

A Nasa deve realizar outras duas caminhadas espaciais para completar a instalação de duas plataformas externas e deixar tudo pronto para a implantação do último módulo americano da ISS. No sábado, Foreman e Bresnik realizarão a segunda caminhada e, na próxima segunda-feira, Satcher voltará a sair, desta vez com Bresnik, que também tem primeira experiência espacial.

 

A ISS, que orbita cerca de 360 quilômetros sobre a Terra, é um projeto internacional com a participação de 16 países que inclui membros da Agência Espacial Europeia, Rússia e Japão.

 

Este é o quinto e último voo da Nasa do ano e será o penúltimo que do "Atlantis" antes que a agência espacial retire suas naves, por isso quer enviar material suficiente para que a estação tenha autonomia. Entre as peças transportadas pelo ônibus espacial, há dois giroscópios, dois infladores, dois tanques de nitrogênio e de amoníaco, e uma peça para o braço robótico do orbitador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.