Eleição do papa entra em "fase decisiva", diz Vaticano

Os indícios foram dados por Lombardi a uma multidão de jornalistas

Andrei Netto, enviado especial ao Vaticano ,

13 Março 2013 | 13h08

À espera da quarta votação de hoje no conclave que decidirá o sucessor de Joseph Ratzinger, os fiéis e turistas que aguardam na Praça São Pedro, em Roma, receberam uma notícia mais otimista do que a fumaça preta da manhã. Segundo o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, a escolha está em “fase decisiva” e “em breve conheceremos o sucessor de Bento XVI”.

Os indícios foram dados por Lombardi a uma multidão de jornalistas que acompanharam sua entrevista coletiva no centro de imprensa do Vaticano, às 13h de hoje, horário local. “Nos próximos dias ou talvez na próxima hora teremos a eleição do novo papa”, afirmou o porta-voz.

Segundo Lombardi, a eleição do sucessor de Ratzinger acontece “em clima sereno”, o que seria o “prelúdio de uma belíssima experiência”.

Nesta tarde terá início a terceira sessão eleitoral do conclave. A expectativa é de que a partir das 17h30, na melhor das hipóteses, a chaminé instalada na Capela Sistina emita a fumaça preta ou branca – essa segunda confirmando que um cardeal foi eleito com no mínimo 77 votos.

Mais conteúdo sobre:
papa conclave Vaticano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.