Estátua romana bem conservada é achada na Albânia

Escultura que representa a figura de um atleta data do período romano

Efe

16 Agosto 2010 | 12h31

TIRANA - Uma estatua romana masculina em bom estado de conservação foi descoberta no final de semana passado na antiga cidade de Apolônia, no sudeste da Albânia, informou nesta segunda-feira, 16, a imprensa albanesa.

 

A escultura, achada perto de uma vila romana, no setor noroeste da antiga cidade, representa, segundo os primeiros indícios, a figura de um atleta.

 

A equipe de arqueólogos franceses e albaneses que realizaram as escavações nas quais foi encontrada a estátua consideram que se trata de um dos achados mais importantes dos últimos 50 anos na Albânia, pela antiguidade da peça, que data da época romana, pelo seu grande tamanha e pelo seu bom estado de conservação.

 

"A descoberta desta estátua é prova de grandes tesouros arqueológicos no solo para Albânia, e também para todo o MEditerrÂneo", disse Marin Haxhimihali, diretor do parque nacional arqueológico de Apolônia.

 

Fundada no século IV a.C., Apolônia foi uma importante colônia grega, primeiro, e romana, depois, na costa do Adriático.

 

Entre seus monumentos antigos mais importantes, esta cidade, situada sobre uma colina , em uma superfície de 140 hectares próximo ao mar, figuram um teatro grego de 9.000 lugares e o templo de Agonothetes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.