EUA oferecem US$ 1 bilhão em créditos para pesquisa médica

A oferta é limitada a companhias com menos de 250 funcionários

Associated Press

21 Maio 2010 | 17h32

A administração do presidente Barack Obama anunciou a oferta de US$ 1 bilhão em estímulos a pequenas empresas biomédicas que estejam envolvidas na busca de avanços promissores para a Medicina.

 

Empresas que tenham projetos dotados de "potencial significativo" para produzir novas drogas, encontrar uma cura para o câncer ou atender a necessidades médicas em aberto podem se candidatar a até US$ 5 milhões do total de fundos.

 

A oferta é limitada a companhias com menos de 250 funcionários, e as propostas terão de ser analisadas pelos Institutos Nacionais de Saúde. 

 

A ideia era defendida por três senadores do partido Democrata e foi incorporada à reforma do sistema de saúde do governo.

 

Representantes do governo dizem que são esperadas milhares de inscrições. Empresas em início de atividade podem solicitar a verba sob a forma de crédito tributário ou incentivo direto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.