Fotógrafo capta imagens em 3D de insetos e aranhas

Steve Gschmeissner usa microscópio eletrônico para capturar imagens milhões de vezes ampliadas

BBC Brasil, BBC

10 Março 2010 | 06h00

Imagens tridimensionais des insetos são registradas por fotógrafo britânico (Steve Gschmeissner/BBC)  

 

LONDRES - Um fotógrafo britânico aposentado registrou, com o auxílio de um microscópio eletrônico, imagens tridimensionais milhões de vezes ampliadas de insetos e aracnídeos, como moscas, pulgas e aranhas-saltadoras.

Steve Gschmeissner, de 61 anos, usou um Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV) para registrar as criaturas.

Esse tipo de equipamento bombardeia o objeto com elétrons, que enviam mensagens de volta para que o microscópio gerando a imagem de alta precisão em 3D.

O MEV, que segundo o fotógrafo pode custar mais de R$ 1 milhão, é muito mais potente que um microscópio óptico, que pode ampliar um objeto centenas de vezes.

 

 

 Microscópio gera imagem de alta precisão com bombardeio de elétrons (Steve Gschmeissner/BBC)

"Poder usar um equipamento como esse na minha aposentadoria é a realização de um sonho", disse o fotógrafo.

Gschmeissner decidiu fotografar os insetos justamente por causa dos incríveis detalhes e formas que as imagens ampliadas deles proporcionam.

"Os insetos foram um grande projeto para mim. O nível de detalhe em seus minúsculos exoesqueletos é simplesmente lindo", declarou. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.