Frio não afasta fiéis da Praça São Pedro

A medida que fica mais tarde, o público vai aumentando na Praça São Pedro

José Maria Mayrink, enviado especial ao Vaticano,

13 Março 2013 | 12h41

VATICANO - São 16 horas em Roma, na Praça São Pedro, e a praça está começando a se encher de fiéis outra vez para esperar mais uma fumaça. Hoje de manhã, às 11h40 (7h40 em Brasília), a fumaça preta foi lançada pela segunda vez, indicando que ainda não há um novo papa. No período da tarde, estão previstos o quarto e quinto escrutínios.

Faz muito frio e está chovendo. Na Praça São Pedro, a temperatura é de 10ºC, mas a sensação térmica é bem mais baixa. Cerca de 500 fiéis – encapotados e de guarda-chuva – estão em frente à basílica. Outras cerca de 300 pessoas abrigam-se da chuva em uma área coberta, sob a colunata.

A medida que fica mais tarde, o público vai aumentando. Na terça-feira à noite, 10 mil pessoas reuniram-se no local sob uma temperatura de 8ºC. Há muitas bandeiras do Brasil, que são estendidas nos momentos em que a chuva dá trégua. Entre os brasileiros, há um clima de torcida para a eleição de papa brasileiro, na figura de d. Odilo Scherer. Seu nome tem aparecido como um dos favoritos na imprensa, junto ao italiano Angelo Scola.

O padre Federico Lombardi, porta-voz da Santa Sé, informou que o papa emérito Bento XVI está seguindo o conclave com muito interesse. Ontem, ele assistiu pela televisão tanto a missa Pro eligendo pontifice (pela eleição do pontífice) quanto a abertura do conclave, no período da tarde.

Mais conteúdo sobre:
papa conclave Vaticano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.