Gato amputado ganha patas traseiras biônicas no Reino Unido

Em cirurgia pioneira, veterinários implantaram membro que devolve parte de movimentos naturais

BBC Brasil, BBC

25 Junho 2010 | 08h00

Um gato recebeu duas próteses no lugar das patas traseiras, em um procedimento veterinário pioneiro realizado no Reino Unido.

 

 

Oscar, que perdeu os dois membros em um acidente com uma ceifadeira, teve as próteses conectadas ao corpo através de "pinos".

A equipe de veterinários conseguiu fazer crescerem ossos e pele ao redor dos pinos.

A técnica serve como substituto à colocação de próteses fixadas ao corpo através de meias. O lado negativo deste tipo de técnica é que muito frequentemente a pressão e a fricção entre o corpo e o membro artificial geram feridas.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.